quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Grupo no Facebook

Bom dia meninas..

Este grupo é para mamães e papais que estão passando pela anencefalia ou que já passaram.. Nosso grupo é para total apoio sem julgamento para qualquer que seja sua decisão!

https://www.facebook.com/groups/apoioanencefaliabrasil/

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

O parto da Beatriz

Me internei dia 30/09 as 9h no hospital de clínicas aqui de Curitiba. Desde que entrei no hospital e contei minha história todos tiveram muita compaixão comigo, minha mãe entrou comigo pois meu marido não quis acompanhar. No quarto estava comigo duas meninas, uma recuperando de um aborto espontâneo e uma recém parida com uma bebê linda, elas foram ótima comigo o tempo todo. Colocaram os dois primeiros comprimidos as 9h e pouquinho, eles colocam e ficamos uma hora sem levantar. Na primeira hora foi tranquilo, só aumentou as contratações de treinamento que eu já sentia. Iria colocar mais dois em 4h ou seja 13h. Logo após colocarem mais dois comprimidos as duas meninas receberam alta e me mudaram de quarto, onde eu fiquei com duas grávidas, as duas com pressão alta, uma iria fazer a cesariana no dia seguinte com 29s devido a pressão alta e a outra já estava pra ganhar tb, muito simpática as duas. Minhas contrações aumentaram mto, umas 16h eu já estava com 3cm de dilatação e já tava doendo mto, eu pedia para me fazer o toque pq não aguentava mais, decidi reunir forças e fui caminhar pelo hospital, andei por uma hora e depois fui tomar um banho quente. Quando deu 20h os médicos vieram me ver eu já tava ate sem falar de tanta dor, minha mãe coitada chorava, deu muita dó dela, fizeram o toque e disseram que já estava nascendo só fazer força que nascia e simplesmente saíram, me deixaram lá no quarto com as duas grávidas com o bebê quase nascendo, então levantei num ato de desespero e fui pro chuveiro, lá em baixo daquela água fervendo eu pedi a Deus força pq se não iria morrer, pedi perdão a minha filha e a Deus por não aguentar oque estava vivendo e fiz toda a força que ainda tinha, nisso a bolsa estourou e voo sangue e água pra todo lado, minha mãe saiu correndo pra chamar os médicos que estavam batendo papo no corredor, então fiz mais uma força e minha filha nasceu na minha mão, naquele banheiro as 20:30 do dia 30/09/2016 sozinha, apenas eu ela e Deus, aí os médicos apareceram me levaram pra cama e perguntaram se eu ainda tinha forças pq se eu conseguisse expelir a placenta não precisaria curetagem, e eu molhada cheia de sangue e pelada, me sentindo humilhada e no fundo do poço fiz força e ela saiu, me perguntaram se eu queria ver e eu disse que não e levaram a bebê.
Eu esgotada sem comer desde o meio dia pq tinha que estar de jejum para uma possível curetagem que eu  nem fiz, me senti enfim em paz, eu batizei minha bebê de Beatriz ali naquele banheiro, entreguei a Deus.
As vezes pensamentos que já vivemos a maior dor da vida, mas mal sabemos que ainda pode vir coisa pior. Assim como com a Nick eu não me arrependo da decisão que tomei, só eu sei o quanto foi e é difícil viver oque eu vivi, o quanto dói e sei que vai sempre doer.
Achei que vcs mereciam uma resposta, recebi emails de seguidoras preocupadas, obrigada pelo carinho. Eu ainda acredito que dias melhores virão!
Bjos

O fim do meu recomeço

Desculpem o sumiço, infelizmente não tenho tão boas notícias.
Bom como disse no último post eu fui fazer a ultra que veria o sexo bebê porém exatamente como na Nick foi constatado a ANENCEFALIA, na verdade eu tive muito "azar" a médica que me atendeu era inexperiente como ela mesmo disse, ela foi curta e grossa dizendo que meu bebê provavelmente teria tb anencefalia mas como ela inexperiente não iria me dar o diagnóstico iria remarcar pra próxima semana com outro médico. Eu estava na sala com duas amigas e duas crianças, naquele momento eu não via nada na minha frente, eu comecei a gritar e a dizer que queria morrer, levantei da maca e me joguei no chão, a médica mandou eu levantar e parar de escândalo, me levantei e fui direto pra rua, a outra amiga me segurou e me levou para o carro, eu simplesmente não sentia mais nada.
Não sei se comentei mas meu marido estava a trabalho nos EUA e voltaria em uma semana após o diagnóstico, ou seja eu ficaria em casa uma semana sozinha, mas minha amiga não deixou e me levou pra casa dela, lá eu fiquei pensando no que fazer da minha vida, todos diziam que a médica era louca que não sabia oque estava fazendo que estava errada, mas eu sabia que com um diagnóstico desse não a erro. Enfim isso foi numa sexta, dia 16/09, consegui em outra clínica pra segunda de tarde.. Esse final de semana foi terrível, eu só chorava. Enfim chegou a segunda e fui atendida por uma médica mto bacana, começou a ultra e eu não disse nada, nem que já tive uma bebê com Anencefalia nem que já tinha feito outra ultra, e ela foi mexendo mexendo e eu já esperando o veredito final, ela disse que meu bebê era mto sapeca pq estava numa região de "difícil acesso" e ela não via a cabeça, mandou que eu fosse dar uma volta e comece chocolate, enfim sai e voltei e nada mudou, ela praticamente batia na minha barriga e nada do bebê se mexer, então ela remarcou para quarta com outro médico. Mais dois dias de angústia.
Chegou a quarta dia 21/09 e outra médica muito querida, ela foi direto ao ponto disse que era uma menina e que tinha anencefalia, não era nem acrania como a Nick, já era anencefalia.
Meu marido iria chegar dia 23/09 porém já tinha minha decisão tomada, aliás desde a época da Nick eu sempre soube que se acontecesse de novo eu não saberia lidar e seria impossível pra mim seguir adiante e enterrar mais um bebê. Meu marido chegou na sexta dia 23/09 e na segunda já fomos a maternidade pra dar entrada pro adiantamento do parto, chegando lá mostrei a ultra contei minha história e já me encaixaram pra uma nova ultra pois era necessário uma "comprovação do hospital" e fizeram e comprovaram, mandaram que eu voltasse no dia seguinte já com a roupa e preparada pra internar.
Voltei então dia 27/09 de manhã e à médica de plantão não aceitou fazer minha indução, pois ela queria a autorização do responsável da maternidade e o mesmo não se encontrava, sendo assim remarcaram pro dia seguinte e lá vai eu de novo com a roupa, o responsável neste dia estava lá e me atendeu e autorizou a indução, passamos pela assistente social e marcaram pra sexta 30/09 depois dos papeis assinados eu enfim me Internei.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

De 13s até hoje 16s

Hoje dia 15/09/2016

Com 16+6 dias...

De 13 semanas em diante o enjoo enfim acabou e a disposição foi voltando aos poucos.. Com 13s+3 dias fui fazer a ultrassom para ver se estava tudo certo com o bebe, desde que decidi ser mãe venho passando por momentos de muita tensão e só eu sei oque eu senti, sentada naquela cadeira numa sala cheia de gravidas enormes e eu me senti tão pequena, tão sensível.. praticamente invisível perto delas,estavam felizes e eu naquela angustia que parecia que ia me consumir.. bom eu não fui a primeira a chegar na clinica, mas por algum motivo o medico me chamou por primeiro e eu como achei que ia demorar mais praticamente amoleci, entrei naquela sala com minha mãe e meu irmão, só quem já passou por algo tão difícil sabe o quanto foi importante eles comigo naquele momento, pra mim só faltou o marido mesmo.. entrei deitei na maca e meu irmão que estava encarregado de filmar tudo fico ali parado sem nem piscar olhando pra tela, parecia um robô, o medico mais frio que o frio de Curitiba não falava nada, só colocava o negocio na minha barriga e digitava ele mesmo.. e eu fui ficando agoniada e perguntei se estava tudo bem, ele disse apenas SIM e eu falei pro meu irmão se ele não ia filmar, foi ai que ele começou a ficar e o medico continuo do mesmo jeito e eu perguntei.. DOUTOR E A CABEÇA? TA CERTA? ele disse de novo apenas SIM e pronto eu relaxei, ai ele virou a telinha e eu vi meu baby se mexendo mto, super lindo/a.. Saímos daquela sala em menos de 5 minutos depois de entrar, mas parece que foi um seculo... Vou postar no meu canal o vídeo da ultrassom..
14 semanas não teve nada de novo... 15 semanas e minha barriga esticou mais e eu comecei a ajeitar as coisas pra voltar pra casa, um misto de tristeza pq ficar longe da minha mãe é horrível demais, mas agradeço a Deus pela oportunidade de estar com ela nesses momentos tão importantes pra mim.
16 semanas e o baby começou a SE MEXER UHUUUU.. No ônibus eu indo embora chorando mto por despedir da minha família e ele começou a se mexer bem forte varias vezes, senti que estava me consolando..

AMANHÃ VOU FAZER MAIS UMA US PRA DESCOBRIR O SEXO E TAMBÉM PRA CONFIRMAR QUE ESTA TUDO BEM.. SABE COMO É NÉ, ACHO QUE CERTEZA MESMO SÓ QUANDO ESTIVER COM MEU BABY NO COLO..

Bjão e até amanha =*  Fiquem com DEUS.

10,11,12

Bom o enjôo tá um pouco melhor, pelo menos não é todos os dias, mas o cansaço e o sono continuem bem forte.. Agora nas 12s está bem melhor, tem enjôo mas não é todos os dias, mas quando da é tenso. =/
Já estou nos preparativos para o canal no YouTube \o/

7,8,9 semanas

Pensem numa pessoa enjoada? Sou eu =S
Tomando vonau flash ainda pra ajudar, sorte que estou na casa da minha mãe e ela ela cozinhando pra mim..  O gosto ruim na boca também firme e forte.
Ultrassom marcada para dia 22/08 com 13+3 ansiedade me define.
Bom de sintomas é isso mesmo, mto cansada, as vezes bate umas tristezas meio sem sentido.. o gosto ruim na boca.. Não sei oque seria de mim sozinha em casa deste tipo que estou... Tudo tão diferente...

Bora porque agora falta pouco pra ver o meu 3 amor maior.. 

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

4/5/6 Semanas, Diário de gravidez

Hoje 02/07/2016 6 semanas e 1 dia!

Bom depois de descobrir já comecei a tomar todos os cuidados ainda mais rigorosos, na 4 semana tudo normal apenas o sono e o cansaço que é escomunal ( já estava assim até antes de descobrir ) estava comendo normal e vivendo normalmente, afinal ''gravidez não é doença '' ( odeio essa frase ) na 5 semana ( 7 pela DUM ) decidi que era hora de fazer a primeira US e o medo me consumia de uma forma que também não consigo colocar em palavras, mas marquei no particular e fui, e o mais incrível foi que foi no mesmo lugar que descobri quem era a Nick e como era e ainda com o mesmo doutor, só por isso as emoções já se triplicou... Entrar naquela mesma sala e deitar naquela maca depois de tudo oque passei foi a coisa mais difícil que fiz desde a partida da Nick.

Deitei la e o medico de cara já foi mostrando o saco gestacional e dizendo que tava tudo certo, nossa eu já chorei, uma emoção que só quem é mãe sabe descrever, e logo ele mostrou o embrião, o muh Deus tão miúdo, ele disse que eu estava de 5/5 dias ( nas minhas contas eram 7/3 dias ) ai ele falou que não seria possível ouvir o coração, mas de repente PAH aparece ele la pulsando a 106 bpm  *----*  pensa numa mãe abençoada, SOU EU! Depois disso tudo eu fui colocar a roupa e no mesmo momento ali naquele banheiro mesmo eu ajoelhei chorando e agradecendo a Deus por mais uma vez não me abandonar e por cumprir as promessas em minha vida, O MEU DEUS OBRIGADA!

Nos próximos dias  veio com força total os enjoos, meninas do céu nunca senti algo tão difícil, se comer fica rui se não comer fica péssimo, só por Deus... Mas como sabemos, vale mtooooooooo a pena.. Bom é isso, por agora mto enjoo, gosto horrível na boca mtoooooooooo xixi e meu estomago esta estragado hehehe  no mais tudo ótimo, glorias a Deus por isso!

Bjinhos volto logo com as semanas 7/8.

Bjos fiquem com Deus